NANODISPOSITIVOS E NANOSENSORES

Galeria de Projetos

Odontologia

Inovação no tratamento: superfície nanoestruturada otimiza a osseointegração de implantes de titânio

A modificação da superfície de implantes de titânio tem como objetivo acelerar e otimizar o processo de consolidação óssea sobre o implante instalado, permitindo, assim, a instalação da prótese sobre o implante em tempo mais curto e com melhor desempenho osso/implante. Esse é um ponto considerado importante pelos implantodontistas, pois além de encurtar o tempo da consolidação óssea, aumenta também a previsibilidade de sucesso do tratamento implantodôntico.

O método clássico empregado na indústria para o tratamento de superfície de implantes odontológicos é o processo SLA, em que os implantes são submetidos ao jateamento com grãos abrasivos e posteriormente tratados com solução ácida para homogeneização da microtopografia de poros e passivação da superfície.

Resultados científicos têm mostrado que uma superfície nanoestruturada melhora significativamente a adesão dos osteoblastos, o que é um pré-requisito crucial para funções celulares subsequentes, como a síntese de proteínas da matriz extracelular e a formação de depósitos minerais. Além dos benefícios da camada nanonestruturada, revestimentos com compostos de fosfato de cálcio em dispositivos biocompatíveis, principalmente os de titânio, atuam beneficamente no processo de osseointegração.

Este projeto, desenvolvido em parceria entre o CDTN/CNEN e a empresa PecLab, com apoio da Rede de Inovação em Nanomateriais e Nanocompósitos, no âmbito do SibratecNANO – Centros de Inovação em Nanotecnologia, tem como foco desenvolver um processo de modificação de superfície para criar um revestimento nanoestruturado e funcionalizado com compostos de fosfato de cálcio, com o objetivo de acelerar e otimizar o processo de osseointegração de implantes odontológicos de titânio. Resultados preliminares do projeto já demonstram a obtenção de uma superfície nanoestrutura sobre a matriz de titânio metálico (figura 1).

Figura 1 – Imagem de microscopia eletrônica de varredura da superfície nanoestruturada preparada sobre a matriz de titânio metálico (aumento de 100.000x).

Responsável técnico: Dr. Maximiliano D. Martins

Parceria:

Laboratório de Nanoscopia do CDTN/CNEN

Responsável: Dr. Maximiliano D. Martins

Peclab Ltda.
Responsável: Eng. Paulo Edson Cardoso


Voltar